PESQUISE A BIBLIOTECA DO NOTICIÁRIO-EVANGÉLICO

Saturday, July 3, 2010

EUA: Alabama pede ajuda divina para conter maré negra


Num pequeno edifício branco que noutros tempos albergou uma empresa de redes camaroeiras, a congregação da Igreja Baptista dos Pescadores reúne- -se para mais um serviço dominical. O pregador preside à cerimónia de um púlpito concebido para se parecer com a roda de leme de um navio. A igreja fica junto ao rio Bon Secour, também usado para baptismos no Alabama, Estados Unidos.

Depois do cântico de abertura, "Ring the Bells of Heaven", e do anúncio de que um casal de noivos já tem a lista de casamento nos armazéns Walmart, o padre lê em voz alta um texto do governador Bob Riley, que declara a jornada uma "dia de oração" - um dia de súplicas para enfrentar a temível ameaça à vida fora das portas brancas da igreja.

Pessoas de Alabama, por favor orai pelos vossos pares e cidadãos dos outros Estados afectados por esta calamidade, por todos aqueles que estão a dar resposta ao problema, diz o documento. E rezai para que se encontre depressa a solução para pôr cobro ao derrame de petróleo. Por outras palavras, meu Deus, obrigado pelas Tuas bênçãos e orientações. E mais uma coisa, meu Deus: ajuda-nos.

As palavras do governador pairam por alguns momentos no ar agitado pela ventoinha. O pastor Shawn Major pede aos homens presentes para se aproximarem, a fim de "pedirem a Deus algo especial".

Duas dúzias de homens, muitos deles em camisas de manga curta de cores estivais, ajoelham-se e permanecem de cabeça baixa e olhos fechados, enquanto na mesma rua, 800 metros abaixo, outros homens - e mulheres - recebem formação sobre uma forma de esperança mais secular, a colocação de diques flutuantes.

A barreira entre Igreja e Estado desmoronou-se domingo, quando líderes eleitos dos cinco Estados do golfo do México declararam um dia de oração. Embora as jornadas de oração não sejam uma raridade por aqui - há alguns anos Riley decretou um dia para rezar por chuva a fim de atenuar uma seca -, estas proclamações transmitem a ideia de que, após tanto tempo, a salvação do derrame quase requer intervenção divina.

Oração coordenada Nos dois meses depois da explosão mortal da Deepwater Horizon, que a 20 de Abril passado originou um derrame incessante de petróleo no golfo, destruindo o ecossistema e abalando a economia, os esforços dos mortais para deter o fluxo não surtiram efeito. Esta semana, a maré negra tornou-se a maior de sempre no golfo do México e está prestes a transformar-se na mais grave da história. Robôs, bolas de golfe e até uma sólida cúpula: vistas em retrospectiva, todas as medidas para reparar o mal parecem insignificantes. Por isso se experimenta um método diferente: oração coordenada.

No Texas, o governador Rick Perry incitou os texanos a pedir a Deus "a sua misericordiosa intervenção e solução para estes tempos de crise." No Mississípi, o governador Haley Barbour declarou que a oração "é uma oportunidade para reflectir e procurar orientação, força, conforto e inspiração de Deus Todo-Poderoso." No Louisiana, o governador proferiu a expressão "visto que" uma dúzia de vezes - bem como o nome da ave local, o pelicano-castanho - mas não mencionou Deus directamente. Na Flórida, o governador Jeff Kottkamp pediu aos cidadãos que rezassem para que Deus "guiasse e orientasse os líderes civis e lhes desse sabedoria e soluções inspiradas divinamente".

A sugestão do governo para pedir ajuda a Deus - um poder superior a qualquer autoridade eleita - foi ouvida em igrejas e edifícios públicos de Pensacola, Flórida, a Galveston, Texas, bem como aqui, em Bon Secour, onde o irmão Harry reza de cabeça baixa.

O pastor dos pescadores A Igreja Baptista dos Pescadores está presente nesta povoação, cujo nome significa porto seguro, desde 1989. No relvado da frente vê-se uma âncora. As paredes estão decoradas com pinturas de cenas náuticas. As caixas de esmolas são um farol em miniatura e uma arca de tesouro. A doca, no outro lado da rua, é usada para baptismos e pesca.

Tudo isto é reflexo do pastor e fundador da igreja, Wayne Mund, que cresceu aqui. O seu pai, avô e bisavô foram pescadores, tal como ele foi até aos 21 anos, quando deixou as redes e seguiu a escola da Bíblia.

Mund, 66 anos, alto, magro e orgulhoso por ser um baptista bíblico, trabalha arduamente para integrar na sua missão o seu passado de homem do mar. Vê a Bíblia, desde o Génesis ao Livro do Apocalipse, como um livro náutico e o mar como uma atracção fascinante. Termina a conversa alertando que quem não sobe a bordo do barco da salvação de Deus se "irá afogar num mar de pecado e aflição."

Agora a aflição petrolífera no mar está a afectar a sua pequena igreja, a sua comunidade. Há cada vez menos envelopes na arca do tesouro e no farol ao fundo da sala, pois parte dos 200 membros da sua congregação já não pode pagar a dízima. Há menos gente a assistir à missa pois os pescadores, que normalmente descansam ao domingo, estão a trabalhar para a BP, colaborando na limpeza da substância pegajosa que é arrastada para as margens do golfo e para a baía Mobile.

"O mar, o mar, o mar", diz Mund. "Tem a ver com o mar."

Mund tinha planos para estar fora da cidade no domingo, pelo que destacou o seu colega Major para rezar a missa das 10h30. Major, 46 anos, é entroncado e mais sorridente durante a evangelização do que o seu chefe.

Tem-lhe sido difícil compreender o derrame que afecta o rio e o mundo. E espera que as consequências humanas não sejam sentidas por mais de um ano.

Major passou o sábado com 70 homens e mulheres, tentando aprender a colocar os diques flutuantes. Mas hoje reza com outros 70 homens e mulheres, sentados em nove bancos de madeira; todos dizem ámen quando profere: "Continuamos a ser uma nação cristã". Anuem quando diz que todos sabiam quem iria "acabar por deter" o derrame.

Um missionário prestes a partir para o Brasil espera para fazer uma apresentação multimédia. Antes disso, no entanto, estes homens ajoelhados, guiados pelo irmão Harry - Harry Mund, um parente do pastor - têm de concluir a oração.

Por favor, meu Deus, ajuda-nos com este terrível derrame de petróleo, diz ele. Em nome de Cristo. Ámen.

Os homens levantam-se e voltam aos seus lugares, alguns deles limpando a umidade salgada dos olhos
.Fonte: ionline

10+ do Mês no Noticiário Evangélico

Posts Comentados Evangélicos no Mundo Israel Igreja Perseguida evangelização Nacionais Pastores Homossexualismo Evangelho no Mundo Testemunhos Boletim de Ocorrências Evangelismo Islamismo Lançamentos Fim dos Tempos intolerância religiosa contribuição evangélica Fim do Mundo Conflito árabe-israelense Oriente Médio Tempo do Fim muçulmanos Apocalipse Desempenho Evangélico leis apostasia Notícias de Israel Islã Fim dos Dias Eventos anticristo homofobia UniãoNet Bancada Evangelica Homofobia X Liberdade de Expressão TRIBUNAIS Política Fim da Igreja Convertidos Conversões Crimes Heresias Tragédias Arrebatamento Ciência Falsas Doutrinas Falsas Religiões Lei Anti-Homofobia sinais dos tempos Arqueologia Ateísmo Filme Grande Tribulação Ciência e Tecnologia Gospel Music Tribulação Direito de Israel ecumenismo Catolicismo PLC 122/06 Acidentes Degradação Moral Restauração de Israel conversão Bíblia X Apostasia Alerta Bíblico Doutrina ICAR IURD Jerusalém Perversão das Leis Casamento Desvarios das Leis Kit Gay Abominações Governo Mundial ONU Terrorismo Discriminação Educação Sexual Gogue e Magogue Ocorrências Polícia Satanismo anticristos Arca de Noé Drogas Política e Religião Seitas Teologia da Prosperidade Comentários Bíblicos Evangelização em Israel Filme Evangélico Livro fé evangélica Bíblia Cartilha Homossexualizante Criacionismo Fanatismo Religioso Sexo Crise Financeira Desvio de Comportamento Ensino Religioso nas Escolas Mídias Homossexualizantes cultura evangélica curiosidades Justiça dos homens X Justiça de Deus Política versus Evangelho SEMANÁRIO EVANGÉLICOS NO MUNDO Sociedade Bíblica do Brasil - SBB Vaticano meditação bíblica 2012 Antisemitismo Doença Espiritual Ferramentas do Evangelho Kit Promiscuidade Liberdade Religiosa Liberdade da Crença Microchips Nova Ordem Mundial Pastortos Pecado Pornografia STF Santificação religiões unidas Alerta Evangélico Direitos Humanos GLS Pedofilia Profecias Maias ecumênico rainha das religiões Ambiente Idolatria Maçonaria Mordaça Gay Novidades da Informatica Terremotos Tribunais de Inquisição Acordo de Paz Arrependimento Bíblia na China Edificação Espiritual Exportando fé GLBT Habeas Corpus Lutero Nova Era ORU Operação do Erro Processo de Paz Protestante Protestantismo Qumran Softwares evangélicos curiosidades bíblicas restauração sentença divina Abaixo Assinado Agentes do Engano Arca da Aliança Arrebatômetro Calendário Judaico Disciplinando os Filhos Divórcio Evangélicos X Carnaval Judeus Messiânicos Ocultismo: Invasão Silenciosa Programa Brasil sem Homofobia Queda Espiritual Símbolos Pagãos Virgindade besta bússola dourada obra de Deus AH1N1 Adoção Anjo Caído Castidade Deísmo Diabo ECA Megaterremoto PNDH3 Pestes Prêmio Nobel da Paz STJ apóstolos
There was an error in this gadget