PESQUISE A BIBLIOTECA DO NOTICIÁRIO-EVANGÉLICO

Saturday, September 15, 2012

Filme "A Inocência dos Muçulmanos" desperta radicalismo islâmico contra EUA e Israel

O filme caiu como bomba nas mídias e ateou fogo nos conflitos entre Oriente e Ocidente, acirrando os ânimos muçulmanos contra EUA e Israel. Ataques a embaixadas americanas, manifestações e diversos atentados marcaram a semana da exibição do filme "Inocência dos Muçulmanos". Saiba tudo sobre a semana que termina com uma das maiores ondas de radicalismo islâmico já vistas no Oriente Médio e entenda por que o filme é ofensivo aos muçulmanos. Veja o trailer do filme, que gerou violentos protestos.  O YouTube não retirou o vídeo da internet, mas colocou um aviso sobre seu conteúdo. (postagem comentada)


EUA em busca do autor e produtor do filme
O autor do filme que despertou a ira oriental teria sido Sam Bacile, apuraram as autoridades americanas. Ele foi identificado como o escritor, diretor e produtor do filme que provocou protestos e levou à morte do embaixador americano Chris Stevens, na Líbia,  além de ataques a consulados dos EUA em diversos países. 
Bacile teria divulgado, por emails, que vive na Califórnia, onde trabalha no setor imobiliário. O mistério sobre sua identidade cresceu quando o consultor do filme afirmou que o senhor Bacile não existe.
Durante as entrevistas, sempre por e-mail ou telefone, Bacile afirmou que o filme foi financiado com a ajuda de mais de 100 doadores judeus. Ele acrescentou que trabalhou com 60 atores e 45 extras para rodar o filme em um período de três meses no ano passado. “É um filme político. Não é um filme religioso”, finalizou. Um trecho de 14 minutos do filme foi postado no YouTube em julho e ao ser dublado para o árabe recentemente gerou protestos entre os muçulmanos pois o profeta Maomé é retratado como um homem violento e mulherengo. A verdade, porém, ainda estava por ser descoberta.



A onda de protestos, ataques e mortes pelos radicais islâmicos

A película despertou protestos generalizados contra os Estados Unidos em diversos países do Oriente Médio. Terry Jones, pastor americano desafeto dos muçulmanos, passou a divulgar o filme. No primeiro dia de protestos, egípcios rasgaram bandeira dos EUA. No segundo dia, o embaixador dos EUA e 3 funcionários foram mortos na Líbia. Hoje, no terceiro dia, a embaixada dos EUA no Iêmen foi cercada e atacada. Pelo menos uma pessoa morreu e outras 20 ficaram feridas informaram fontes médicas às agências de notícias.



O governo americano teme que isso evolua para uma onda de ataques terroristas a outros alvos em todo o mundo. Manifestações também foram registradas nesta quinta em Bangladesh, Iraque, Marrocos, Sudão, Tunísia e na Faixa de Gaza. Steve Klein afirma ter trabalhado na produção e disse à revista Atlantic que o nome Sam Bacile era um pseudônimo e que ele não era judeu. Mesmo assim, ele também tem uma visão negativa do Islã. E acrescentou: “Eu não sei muito sobre ele. Eu o conheci, falei com ele por uma hora. Ele não é de Israel, não. Eu posso dizer isso com certeza, o Estado de Israel não está envolvido… Seu nome é um pseudônimo. Duvido que ele seja judeu. Eu suspeito que isso seja uma campanha de desinformação”.




O verdadeiro autor e produtor do filme

Segundo o jornal New York Post, autoridades norte-americanas identificaram o homem que se dizia ser Bacile como Nakoula Basseley, um cristão copta de 55 anos. A agência Associated Press descobriu que os dois são a mesma pessoa após rastrear o número de celular usado por Bacile em uma entrevista por telefone. O telefone estava sendo usado da casa de Nakoula. Entre as últimas afirmações, atribuídas a Bacile na entrevista à Associated Press, está a declaração que ele pretende fazer filmes adicionais. “Meu plano é fazer uma série de 200 horas sobre o mesmo assunto”, disse ele. E foi mais além: “O principal problema é que eu sou o primeiro a colocar na tela alguém sendo [retratando] Maomé. Isso os deixou loucos. Mas nós temos que abrir a porta. Após o 11 de setembro seria bom todo mundo lembrar que estará na frente do juiz, Jesus”.
O governo americano busca se distanciar do vídeo. Nesta quinta-feira, a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, disse que os EUA “nada têm a ver” com o filme, que classificou de “repugnante e repreensível”. (Gospel Prime)

Entenda por que o filme sobre Maomé é ofensivo aos muçulmanos
Milhares de pessoas têm protestado em países da Ásia, da África e do Oriente Médio contra um filme feito nos Estados Unidos, que retrata o profeta Maomé. A BBC explica por que a obra tem causado tanta indignação(vídeo em inglês):



O que o filme mostra?
O vídeo, que é -na verdade- o trailer de um filme mais longo chamado Innocence of Muslims ("Inocência de Muçulmanos", em tradução livre), parece retratar o islã como uma religião de violência e ódio, e Maomé, como um homem tolo e com sede de poder.

A primeira cena do vídeo mostra uma família cristã copta vivendo em um Egito em processo de radicalização e sofrendo ataques de muçulmanos. O pai diz às filhas que os muçulmanos estão matando os cristãos e que o Estado islâmico está escondendo seus crimes.

Em seguida, o filme mostra o profeta Maomé com sua família e seus seguidores no deserto. Maomé é mostrado em posições sexuais com a sua mulher e com outras. Uma das sequências que mais insultaram os muçulmanos inclui uma referência a Maomé sancionando o abuso de crianças, e em determinado momento o profeta revela ser homossexual.

Muitos dos personagens recitam versos supostamente tirados do Corão, mas claramente inventados, falando de matar e extorquir pessoas.

Por que o conteúdo é tão ofensivo?
Qualquer representação de Maomé já vai contra os ensinamentos islâmicos --imagine então uma representação satírica e crítica. A descrição pouco elogiosa da mulher de Maomé e de seus seguidores também é considerada uma blasfêmia.

O princípio fundador do islã é que o Corão é a palavra direta de Deus, revelada a Maomé para ser divulgada à humanidade. Sendo assim, o fato de o vídeo sugerir que o Corão é inspirado em versos do Antigo e do Novo Testamento também é uma afronta aos muçulmanos.

Outras referências aos casos de Maomé com mulheres, a sua ganância e sua tendência à violência também são ofensivas em qualquer contexto.

O que se sabe sobre o vídeo?
Acredita-se que o filme completo tenha cerca de uma hora, ainda que o vídeo mais visto seja um trailer de 14 minutos, amplamente divulgado em inglês e árabe.

O filme tem características amadoras, no que diz respeito a atores, cenário e produção. Foi filmado durante cinco dias em um estúdio da Califórnia em agosto do ano passado, com cerca de 50 atores e outras dezenas de produtores.

A maior parte do conteúdo ofensivo parece não estar presente no filme original, e sim ter sido dublada posteriormente.

Quem é Nakoula Basseley Nakoula?
O trailer foi colocado no YouTube por uma conta ligada ao usuário "sambacile" --inicialmente descrito como um judeu israelense que levantou US$ 5 milhões com israelenses nos EUA para fazer o filme. Mas essa pessoa não existe.

Autoridades dos EUA agora dizem ter identificado Nakoula Basseley Nakoula, um egípcio cristão copta que vive na Califórnia e pode ser o autor do filme. Basseley, condenado por fraude em 2010 e forçado a pagar mais de US$ 790 mil em restituições, é suspeito de ter usado o pseudônimo "Sam Bacile" para esconder sua identidade. Ele nega as acusações.

O que dizem os atores?
Eles alegam que foram enganados a respeito do filme, dizendo que o projeto original não tinha nenhuma relação com o islã ou com o profeta. Segundo eles, todas as referências a Maomé e os insultos religiosos foram adicionados depois, na fase de pós-produção.

Cindy Lee Garcia, que fez uma pequena participação no filme, disse ao site Gawker.com que ela e seus colegas receberam um roteiro de um filme chamado Desert Warriors ("Guerreiros do Deserto", em tradução livre), que seria um drama histórico ambientado no Oriente Mèdio.
A atriz confirmou ter visto Nakoula durante as gravações.

Tem algo mais acontecendo nessa polêmica sobre o filme?
Como ficou evidente depois da publicação dos charges sobre Maomé em 2006, líderes políticos e religiosos na região se utilizam desses supostos insultos ao islã para provocar manifestações públicas.

Manifestações começaram a se espalhar do Egito para outros países --inflamadas em parte pelas mídias locais-- por causa da desconfiança em relação ao Ocidente, algo que muitos grupos vêm capitalizando sobre a polêmica.

Desilusão, falta de oportunidades e ódio contra o establishment podem causar protestos em qualquer contexto.(jornalfloripa)

COMENTÁRIO BÍBLICO:
Temos ensinado aqui apenas o que a Palavra de Deus revela: que o anticristo unificará os países árabes através do ódio islâmico iniciado por Maomé e direcionado contra Israel. A unificação dos povos árabes através do islamismo é cumprimento das profecias que falam sobre a chegada do anticristo. Ele promoverá o desentendimento entre oriente e ocidente e, num primeiro momento, lhes apresentará a paz, para que seja mundialmente reconhecido como Deus e Messias, pelos que rejeitaram os ensinos e alertas da Bíblia Sagrada. Ele conquistará Oriente e Ocidente através de seu carisma e, no tempo devido, promoverá um conflito mundial e devastador entre eles. Esse é o quadro profético que estamos assistindo e que faz parte dos preparativos para a entrada da Tribulação, período de sete anos em que o preposto de satanás conquistará o cargo de primeiro governante mundial. Mas seu programa não é conduzir a humanidade a um novo patamar de paz e evolução, como querem os novaeristas, nem será o verdadeiro "messias" que Israel espera, nem mesmo o Maomé ressuscitado dos islâmicos. Ele será a própria encarnação de satanás. Virá para matar e destruir, e tudo quanto ele fizer será sempre mentiras e estratagemas para alcançar o poder, enganar as nações e levá-las à destruição. A vinda e a manifestação do anticristo como governante mundial cumprirá as profecias de Jesus, dadas a Israel em João 5:43, e provará a Israel que se enganaram em crucificar Jesus, o Verdadeiro Cristo. Tudo isso se revelará durante a Tribulação, quando Israel descobrirá que seu falso messias se chama biblicamente "o anticristo". Somente então se prostrarão perante Jesus, reconhecendo-0 como o verdadeiro Salvador. É, o anticristo será desmascarado perante o mundo na metade da Tribulação, ou seja, ao fim de três anos e meio de governo, quando um anjo será enviado por Deus e derramará sua taça sobre o trono da besta, revelando ao mundo quem realmente ele é: o deus das trevas, p enganador, o diabo. Milhões de pessoas em toda a terra finalmente compreenderão que tudo quanto a Bíblia Sagrada anunciou se cumpriu. Somente então, muitos daqueles que hoje sai rebeldes e contradizentes contra as Escrituras Sagradas, reconhecerão Jesus Cristo como Salvador. E, assim, a Tribulação será um tempo amargo e terrível que não se encontrará semelhança em toda a história humana. Porém, será nesse tempo que Deus varrerá da terra os nomes dos ídolos, as falsas religiões, revelará o único Cristo Salvador, aprisionará o diabo, e trará com o início do Milênio, a tão sonhada paz, a um mundo devastado pelo ódio e pelos desentendimentos semeados por satanás entre todos os povos. Enfim, a Tribulação será um tempo reservado para ser o "óleo de rícino" purgativo para regeneração de todos os povos, para que todos conheçam e reconheçam Jesus Cristo como o único e Verdadeiro Deus-Salvador. Ora, Vem Senhor Jesus. - Pr. Wagner Cipriano.


SAIBA MAIS LENDO:

18 mar. 2012 ... 2011 ... Isto é islã!!! A sombra velada por trás dos muçulmanos. É muito importante entendermos o que pensam e como agem os muçulmanos.
wagnercipriano.blogspot.com


21 mar. 2012 ... 2011 ... Isto é islã!!! A sombra velada por trás dos muçulmanos. É muito importante entendermos o que pensam e como agem os muçulmanos.
noticiario-evangelico.blogspot.com

18 mar. 2012 ... 2011 ... Isto é islã!!! A sombra velada por trás dos muçulmanos. É muito importante entendermos o que pensam e como agem os muçulmanos.
noticiario-evangelico.blogspot.com


27 maio 2012 ... A unificação islãmica desembocará na formação do Gogue e Magogue bíblicos ... árabes, os grandes muftis que influenciam os povos árabes.
wagnercipriano.blogspot.com


16 fev. 2011 ... O Egito é sinal da aproximação da Grande Tribulação? Segundo as ... Qual o papel bíblico do Egito no cenário profético dos últimos dias?
culturaevangelica.blogspot.com


16 ago. 2012 ... Isso também é mais um sinal de que vivemos os tempos do fim e a ira de ... Chrislam: nova heresia tenta misturar cristianismo e islamismo ...
mensagembiblicadiaria.blogspot.com


12 jan. 2012 ... Marcadores: Alerta Bíblico, anticristo, Gogue e Magogue, Irmandade Muçulmana , islamismo, islã, Isto é Islã, Mahdi, messias islâmico, messias ...
wagnercipriano.blogspot.com


19 jun. 2012 ... Mas qual seria a importância de uma unificaçãomilitar entre os povos orientais, segundo a Bíblia Sagrada? Veja aqui. (leia notícia sobre a ...
wagnercipriano.blogspot.com


7 mar. 2011 ... Unificação dos povos muçulmanos - E ao que parece, o teólogo ... uma aparente paz entre ocidente e oriente, entre árabes e israelenses.
biblioteca-evangelica.blogspot.com


27 maio 2012 ... A unificação islãmica desembocará na formação do Gogue e Magogue bíblicos ... árabes, os grandes muftis que influenciam os povos árabes.
wagnercipriano.blogspot.com



24 set. 2011 ... E acontecerá naquele dia, diz o SENHOR dos Exércitos, que tirarei da terra os nomes dos ídolos, e deles não haverá mais memória; e também ...
mensagembiblicadiaria.blogspot.com
18 jul. 2012 ... Deus também avisou, através do profeta Zacarias, que limparia o mundo do nome dos ídolos, para que Ele, o Verdadeiro Deus, fosse de ...
mensagembiblicadiaria.blogspot.com

28 maio 2012 ... E acontecerá naquele dia, diz o SENHOR dos Exércitos, que tirarei da terra os nomes dos ídolos, e deles não haverá mais memória; e também ...
versefortoday.blogspot.com


27 mar. 2012... não pensa em ídolos, não olha para os montes, não espera pelos homens, mas clama pelo poderoso nome de Nosso Senhor Jesus Cristo.
versefortoday.blogspot.com

1 dez. 2011 ... Jeremias 29:11-13 - Alcançando as bênçãos. Porque eu bem sei os pensamentos que tenho de vós, diz o SENHOR;. pensamentos de paz, e ...

NOTICIÁRIO EVANGÉLICO no Twitter Visite, conheça e acompanhe o Buzz da Cultura Evangélica e Coloque-o no seus Favoritos - Esperamos você Visite: Mensagens Bíblicas do Livro de Apocalipse, Notíciário Gospel, Bíblias Eletrônicas Free, Estudos Bíblicos

10+ do Mês no Noticiário Evangélico

Posts Comentados Evangélicos no Mundo Israel Igreja Perseguida evangelização Nacionais Pastores Homossexualismo Evangelho no Mundo Testemunhos Boletim de Ocorrências Evangelismo Islamismo Lançamentos Fim dos Tempos intolerância religiosa contribuição evangélica Fim do Mundo Conflito árabe-israelense Oriente Médio Tempo do Fim muçulmanos Apocalipse Desempenho Evangélico leis apostasia Notícias de Israel Islã Fim dos Dias Eventos anticristo homofobia UniãoNet Bancada Evangelica Homofobia X Liberdade de Expressão TRIBUNAIS Política Fim da Igreja Convertidos Conversões Crimes Heresias Tragédias Arrebatamento Ciência Falsas Doutrinas Falsas Religiões Lei Anti-Homofobia sinais dos tempos Arqueologia Ateísmo Filme Grande Tribulação Ciência e Tecnologia Gospel Music Tribulação Direito de Israel ecumenismo Catolicismo PLC 122/06 Acidentes Degradação Moral Restauração de Israel conversão Bíblia X Apostasia Alerta Bíblico Doutrina ICAR IURD Jerusalém Perversão das Leis Casamento Desvarios das Leis Kit Gay Abominações Governo Mundial ONU Terrorismo Discriminação Educação Sexual Gogue e Magogue Ocorrências Polícia Satanismo anticristos Arca de Noé Drogas Política e Religião Seitas Teologia da Prosperidade Comentários Bíblicos Evangelização em Israel Filme Evangélico Livro fé evangélica Bíblia Cartilha Homossexualizante Criacionismo Fanatismo Religioso Sexo Crise Financeira Desvio de Comportamento Ensino Religioso nas Escolas Mídias Homossexualizantes cultura evangélica curiosidades Justiça dos homens X Justiça de Deus Política versus Evangelho SEMANÁRIO EVANGÉLICOS NO MUNDO Sociedade Bíblica do Brasil - SBB Vaticano meditação bíblica 2012 Antisemitismo Doença Espiritual Ferramentas do Evangelho Kit Promiscuidade Liberdade Religiosa Liberdade da Crença Microchips Nova Ordem Mundial Pastortos Pecado Pornografia STF Santificação religiões unidas Alerta Evangélico Direitos Humanos GLS Pedofilia Profecias Maias ecumênico rainha das religiões Ambiente Idolatria Maçonaria Mordaça Gay Novidades da Informatica Terremotos Tribunais de Inquisição Acordo de Paz Arrependimento Bíblia na China Edificação Espiritual Exportando fé GLBT Habeas Corpus Lutero Nova Era ORU Operação do Erro Processo de Paz Protestante Protestantismo Qumran Softwares evangélicos curiosidades bíblicas restauração sentença divina Abaixo Assinado Agentes do Engano Arca da Aliança Arrebatômetro Calendário Judaico Disciplinando os Filhos Divórcio Evangélicos X Carnaval Judeus Messiânicos Ocultismo: Invasão Silenciosa Programa Brasil sem Homofobia Queda Espiritual Símbolos Pagãos Virgindade besta bússola dourada obra de Deus AH1N1 Adoção Anjo Caído Castidade Deísmo Diabo ECA Megaterremoto PNDH3 Pestes Prêmio Nobel da Paz STJ apóstolos
There was an error in this gadget